Arquivo da tag: sombra

Vergonha

Do que você tem vergonha? Não importa quem seja, todo mundo tem ou já teve vergonha de algo. E não falo aqui daquele tipo passageiro de vergonha, que pode vir em um momento específico, especialmente para os mais tímidos (que certamente enfrentam muito mais situações assim). Não. Falo daquela vergonha mais profunda, que vem de tempos mais antigos e está mais enraizada em nossa alma. Continuar lendo

Anúncios
Publicado em Família, Relacionamentos, Sentimentos, Sexualidade | Marcado com , , , , , , , | 1 Comentário

Por que é tão chato se apaixonar pela pessoa errada!

Sabe aquela sensação de ter encontrado alguém extremamente especial e, quando menos se espera, o tal “especial” parece ter sido usado no contexto errado, pois a pessoa está mais para “especial” (no sentido de “deficiente”)? Ah, bom, detalhes. O que importa agora é discutir por que é tão chato se apaixonar pela pessoa errada. Vou deixar minha opinião abaixo, você pode completar nos comentários se desejar. Continuar lendo

Publicado em Namoro, Relacionamentos | Marcado com , , , , , , , | 4 Comentários

Quem Sou?

Parece óbvio: Olhamos no espelho e ali estamos, é seguro, sabemos quem somos. Sabemos que gostamos disso, daquilo. Sabemos que já fizemos isso e aquilo, o que nos levou para lá ou para cá. Assim, nos definimos. Se um pensamento ou desejo escuso resolve aparecer, revelando verdades não esperadas, tomamos o cuidado de trancar aquilo bem lá no fundo para que ninguém, principalmente nós mesmos, veja isso, criando, então, nosso Eu Sombrio. Continuar lendo

Publicado em Mente, Trabalho | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

De Ponta Cabeça

Quem já não pensou em voltar para uma época marcante e não exercitou a imaginação ao pensar no que teria feito se pudesse mudar suas ações, atitudes de então? Uns pensam na infância, outros na época da faculdade… Ontem, assistindo ao filme As Melhores Coisas do Mundo, pensei nos meus high school years. Continuar lendo

Publicado em Passado, Sentimentos | Marcado com , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Perdoar ou Punir

É aquilo que fiz. Aquilo que deixei de fazer. A oportunidade que me escapou. O comportamente que não tive. A atitude que poderia ter sido diferente. O eterno “e se”, que Aslan, o leão/Jesus de Narnia, afirma não existir. Aos poucos, por mais que afirmemos que não vivemos no passado, esses acontecimentos vão se acumulando e se transformando em nossa Sombra. Julgamos e não sabemos perdoar a nós mesmos. Continuar lendo

Publicado em Espírito, Mente | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Ó Felicidade, onde estais?

Nada! Pessoas, mundo, trabalho, sonhos… Nada tem sentido. É tudo inútil, aos meus olhos. Esforço e me forço a olhar para a frente, a continuar, porque um lado meu ainda quer seguir da forma como as coisas sempre foram. Já não sei mais se estou na beira do abismo com uma ponte invisível que me levaria ao Santo Graal (vide Indiana Jones e a Última Cruzada) ou se errei todo esse meu próprio caminho particular. Continuar lendo

Publicado em Caminhando, Sentimentos | Marcado com , , , , , , , | 2 Comentários

Máscaras e vendas

Certezas e mais certezas. É tão bom se achar o dono da razão, acreditar que se sabe tudo sobre si mesmo, crer em sua própria santidade. Como diria o personagem traidor Cypher, em Matrix (ver cena aqui), “Ignorance is bliss.” Continuar lendo

Publicado em Caminhando, Espírito, Mente | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário