Me sinto tão sozinho mas quero ficar só


O Paradoxo. Há alguns anos, escrevi um post aqui no blog sobre o como eu queria ficar sozinho: é bom curtir um tempo com a gente mesmo, ver um filme sozinho no cinema, pensar na vida, dirigir sozinho grandes distâncias, passar uma tarde ouvindo música, etc etc e etc… E continuo pensando assim, que é bom ficar sozinho e curtir aquele tempo só com a gente. Contudo, é preciso deixar uma coisa bastante clara: escolher ficar sozinho só existe quando isso é, de fato, uma escolha; quando não é, o que fazer?

Atualmente, embora eu viva cercado de pessoas no trabalho, na faculdade, em casa, tenho me sentido cada vez mais só: sozinho de amigos que de fato demonstrem interesse em jogar conversa fora; sozinho de companhia para atividades relaxantes, dessas que a gente só faz com gente que guardamos em boa estima; sozinho de beijos e abraços de um amor – não conta esses casos sem sal nem sem tempero de Tinderes da vida; e, às vezes, sozinho, por conta da falta de tempo, daquela conversa comigo mesmo e desse tempo gostoso sozinho.

Aliás, um pequeno parêntese, coisa a ser explorada melhor em um post futuro: não somente a correria e o excesso de atividades comprometem esse tempo de qualidade comigo mesmo e com possíveis amigos ou amores, mas quando tal tempo existe, mesmo escasso, ele de fato não existe: é celular, redes sociais, mensagens. Ilusões de uma vida que nunca existiu, de amigos que nunca o foram, de conversas ou curtidas que fingem ser a presença de alguém. E só. Na verdade, a solidão e só ela. E ela cresce. Toma proporções gigantescas e me faz sentir impotente.

Mas, de volta ao assunto: cadê os amigos? Cadê pessoas que se importam, que perguntam da gente, que deixam a gente perguntar delas e são sinceras na resposta?

A ausência de pessoas assim em meus dias já é algo que tem se estendido por alguns anos. Sinto esse vazio imenso, vontade de ter alguém com quem conversar sobre assuntos pessoais, alguém que de fato se importe com isso, alguém que se conecte – é terrível esse silêncio, terrível querer falar de algo importante, de sentimentos ou assuntos que precisam sair e não ter com quem falar sobre isso porque todas as relações que tenho não têm profundidade. Amigos estão distantes, passamos meses sem nos falar e quando nos vemos os assuntos são superficiais. Amores, estes nem existem. Conheço as pessoas, saímos, ficamos, mas em nenhum caso existe conexão, em nenhum caso existe interesse além do sexual. O encontro pode ir bem, o sexo pode ser bom, mas morre aí: acabou a conexão, o interesse era superficial. Em bem verdade, vivo cercado de pessoas, mas meus relacionamentos, sejam com amigos, sejam com amores, não passam de coisas superficiais.

Por isso tudo, tenho preferido estar sozinho, embora, obviamente, isso me faça me sentir muito mais só. É preferível um tempo solitário em que eu consiga me recarregar, se conseguir desligar celular e evitar redes sociais, que gastar tempo com relações superficiais com pessoas que, no fundo, pouco se importam comigo ou qualquer detalhe meu que vá além da superfície.

Dói. Dói porque eu não quero isso. Dói porque eu sinto falta de gastar tempo de qualidade com alguém. Dói porque eu não acredito que isso vá mudar, pois nem sei como fazê-lo mudar. Dói porque perdi as esperanças e não tenho fé nas pessoas. Dói porque sou humano e o ser humano é um ser social. Dói porque dói. Estou me sentindo muito sozinho, mas se for para fingir qualquer relação que de fato não seja honesta e de qualidade, prefiro ficar com a dor.

Esse post foi publicado em Espírito, Relacionamentos, Sentimentos e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Me sinto tão sozinho mas quero ficar só

  1. Pingback: Novo Desafio – Vícios, Solidão e Crescimento Pessoal | My Own Private Path

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s