A Luta

Por que em certas horas parece que entramos em um duelo conosco mesmos? É aquela briguinha interior que aparece quando determinamos um objetivo e começamos a ir atrás dele. Envolve mudança de hábitos, um tiquinho de força de vontade e perseverança sempre. Aí, quando tudo está indo lindamente bem, algo lá dentro de nós resolve ligar o “foda-se” e tudo volta ao estágio inicial ou pior.

É o que muita gente chama de auto-sabotagem. Dizem que existem razões maiores para tal coisa acontecer. Olha o exemplo clássico -ah, eu vou sim cair no lugar comum: semana passada, lotado de coisas para fazer, sem conseguir respirar ou dormir direito, entreguei-me aos prazeres culinários. Foram pães dos mais diversos tipos, bolos, e as mais diversas guloseimas no mais precioso excesso que se pode imaginar.

Quer outro exemplo? Dá para falar de relacionamentos também. Às vezes nos atraímos pelo mesmo tipo de pessoa, que sempre vai nos deixar na mão, ou então sempre provocamos o término de um namoro por motivos que nem entendemos direito.

OK. Foram só exemplos. Coisas que ainda me intrigam. Porém, o que realmente me faz questionar é essa briga besta. Como é que a gente briga com a gente mesmo? O Eu Lógico brigando com o Eu Emocional? Mas por quê? Não dá pra conversar, entrar em um acordo? Quando 1 não quer 2 não brigam, não é assim? E eu não quero mais. Enough! “E aquela meditação para unir os 3 EUs?”, você pergunta. Respondo: E não é que a prática da meditação cai na mesma linha da auto-sabotagem? (Suspiros.) Tem horas que a gente complica tudo! Quero simplificar.

54 dias já foram. Faltam 311

Esse post foi publicado em Alimentação, Mente, Relacionamentos e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para A Luta

  1. Aliás, o paradoxo: às vezes parece tão simples complicar, e tão complicado simplificar…

  2. Jorge disse:

    Olá,
    Tem gente que diz que o importante não é o final do caminho, mas o caminho em si.
    As vezes devemos nos dar uma liberdade maior, ousar quebrar a rotina para que a rotina não nos deixe em pedaços. Não se culpe tanto, esse é o meu conselho do dia. E acredite, conselho é bom, por isso a gente dá.
    Você tem metas e objetivos e isso é ótimo. Mas não deixe sua vida se prender apenas nessas coisas, se não no final você não vai estar satisfeito, vai ter perdido diversas oportunidades e momentos que só surgem quando nos permitimos extravasar, ousar e sair um pouco do caminho particular para dar aquela passadinha no jardim do lado.

    Abraços e luz,
    J.

  3. Não sou ninguém, nem mesmo alguém que precise saber quem é. disse:

    Boa noite meu caro, aqui quem escreve é alguém, simplesmente alguém, com isso me torno ninguém.

    Buscamos compreensão, lógica, sentido nas coisas.

    Devemos? Para que? Por quê?

    Esqueça e simplesmente viva.

    Mas talvez esse “simplesmente” seja igual ao seu “simplificar”!

    Estou com você.

    Mas talvez esse “simplesmente” seja igual ao seu “simplificar”!

    Estou com você.

  4. Oi, ninguém. Coincidência ou não, mas já estava rascunhando um post sobre o “Simplificar”. Acho que pensamos parecido. =) Thanks for commenting.

  5. Oi, Jorge. Você está certo e concordo contigo. Viver mais o hoje, curtir mais o caminho é o que realmente interessa. =) Thanks for commenting. =)

  6. camilapigato disse:

    Ai, Jesus… vou apelar à ajuda Divina, ok? 😛 “Pai, perdoa, eles não sabem o que fazem”… seja para crucificar o Mestre Amigo, seja para conduzir nossas próprias vidas… Vi-me tão nitidamente nest post que é só rindo para não chorar. Rs… Como conseguimos brigar com a gente mesmo, como você disse? O ser humano é capaz de cada coisa! 😛 Mas eu acho nobre esta força que temos em, apesar de sermos pequeninos, de ainda termos tantas dúvidas e dificuldades, seguirmos em frente e superarmos nossos obstáculos, nos fazendo um pouco maiores. Por isso, não deixe de lutar para encontrar o diálogo entre os “Eu”s, pois um dia eles irão se entender e esta “chatice” de auto-sabotagem vai ser menos constante e quiçá, coisa do passado! 🙂
    Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s