Vazio

E foi assim que me senti todo o fim de semana e talvez grande parte desta segunda-feira. “ah, lá vem post emo”, você vai dizer. Nem comento. Acho que todo mundo um dia, uma hora, já se sentiu vazio.

Vazio de tudo. Vazio de sentimentos, vazio de pessoas que sintam algo por você, vazio de amigos, de namoro, de quase tudo. O grande contraponto é esse tipo de sentimento aparecer justamente quando se está na presença de amigos, de pessoas queridas. Como pode alguém estar rodeado por gente amiga e, mesmo assim, sentir-se em um Atacama?

Não sei. Talvez porque falte alguém mais especial do que simples conhecidos ou amigos, gente que vemos a cada 3 ou 4 meses não conta, certo? E gente de quem já gostamos e que, do seu lado, na balada, fica com alguém? Ou, pior, e se o vazio viesse de uma constatação de que se gosta, se atrai por um tipo de pessoa que não serve?

Bom, não digo nada. Perguntas, perguntas, nenhuma resposta. Só o vazio. Sabe o melhor? O vazio é a ausência de qualquer coisa. Então ele passa com qualquer coisa. Um bom jantar e uma taça de um bom vinho devem bastar. Touché!

48 dias já foram. Faltam 317

Esse post foi publicado em Amigos, Namoro, Relacionamentos e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Vazio

  1. camilapigato disse:

    Complicada esta sensação… incômoda, mas às vezes, recorrente… Se ela acontece é sinal de que realmente se deve buscar algo… Não deixe de procurar! Um dia este vazio será compreendido e preenchido! 🙂
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s