Apaixonante / Apaixonável

O que faz as pessoas se apaixonarem? Amor à primeira vista existe?

E se eu dissesse que acredito em atração à primeira vista? E que a gente escolhe por quem se apaixona? Papinho? Não é não.

A gente NÃO escolhe por quem tem atração. Fatores além dos emocionais fazem parte da atração física (tem muita química, literalmente, – ou melhor, bioquímica – envolvida nisso). Mas uma vez que o mecanismo da atração tenha sido ativado, ficamos livres para escolher: apaixonar-se ou não?

Parece simples? Nem!! Muitas vezes isso não é um processo consciente. Às vezes, a gente se apaixona por quem não deveria e não sabe controlar isso.

Mas conforme o tempo passa e vamos ficando mais espertos – experientes – nesse assunto, começamos a controlar essa coisa da paixão. Entramos cautelosos, reconhecendo o terreno, se vemos que dá para pisar firme, liberamos e vamos nos apaixonando cada vez mais, até não ter mais volta. Se vemos que não vai dar certo,  recolhemos o sentimento antes que ele apareça de vez e seguimos adiante com nossas vidas.

Pergunta: e quando você se tornou tão expert em segurar o sentimento da paixão que parece que não dá mais para se apaixonar por ninguém? É… isso eu não sei responder. Alguém?

Anúncios
Esse post foi publicado em Namoro, Relacionamentos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Apaixonante / Apaixonável

  1. alanamenk disse:

    Eu tenho uma coisa com isso… de repente pode ser que aconteça com vc tbm.
    Fato é que eu não me apaixono tbm. Não por trauma. Mas é pq eu acho que tenho uma coisa tão intensa e ingenua de amor interiormente que eu acho que não serve pro exterior. Dai não consigo exteriorizar e sentir isso de verdade pq não me sinto confortavel com ninguem.
    Não sei se vc é do tipo solitario… mas eu amo sozinha. Não amor platonico, nada disso. Mas, enfim… é isso… acho q deu pra entender. =)

  2. Uau, entendi o que a Alana quis dizer… E eu sei o que o post quis dizer também… ao longo da vida eu consegui detectar certos mecanismos e fiquei mais cautelosa antes de permitir que o sentimento ficasse incontrolável. Mas isso só acontece quando o sentimento é baseado nas circunstâncias, na atração física. Quando é puramente um sentimento, você simplesmente não tem escolha. Mas aí é mais calmo e elevado, não tem os desespero da paixão. Bom, é uma teoria… Eu só acho que o sentimento é um campo ainda pouquíssimo conhecido pelo homem, e imagino que exista algo a mais do que estamso acostumados…
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s